Barras de Proteína

O que ­­­­­­é a barra de proteína? ­­­­­­

Provavelmente você já deve ter visto em algumas lojas de suplementos várias opções de barra de proteína. Ela é uma excelente alternativa de lanche e uma ótima aliada para pessoas que levam o treino a sério e sofrem com a correria do dia a dia. Seja para ganho de massa muscular ou para um emagrecimento saudável, você vai desejar sempre ter uma barrinha em mãos.

Neste texto vamos te explicar tudo sobre barra de proteína e te dar uma ajudinha no seu projeto fitness.

Onde incluir a barra de proteína na sua dieta

Todos os nutrientes são essenciais para uma dieta saudável e são peças chave para você alcançar sua meta, seja ela definição corporal ou aumento de massa muscular.

Carboidratos, proteínas e inclusive as gorduras são macronutrientes importantes para o bom funcionamento do seu organismo.

Falando em especial da proteína, o cálculo da necessidade diária para praticantes de atividades físicas gira em torno de 2 g para cada 1 kg de peso corporal, ou seja, precisamos de muita proteína durante o dia. O ideal é fracionar este consumo, incluindo um pouco no café da ma­­­­nhã, no lanche da tarde, no jantar e na ceia.

A barra de proteína chega para ajudar a bater essa meta de forma saudável e muitas vezes deliciosa, de um jeito bem prático. Só colocar na marmita e pronto! Mas, vale lembrar que essa organização da sua rotina alimentar e dieta são únicas, por isso a importância de uma consulta e orientação nutricional personalizada.

Entender suas tolerâncias, gostos, rotina e até mesmo condição financeira para investir neste tipo de suplementação é essencial antes de comprar e iniciar o consumo.

Só para você ter uma noção existem barrinhascom até 28 gramas de proteína em apenas uma unidade, aí você pensa no iogurte da manhã, no bife do almoço e percebe que a barra de proteína é uma “mão na roda” no quesito praticidade e vida saudável, mas não para por aí!

Benefícios da proteína no emagrecimento

Pensando em uma alimentação saudável e balanceada, a proteína é super importante no emagrecimento. Seja ela animal ou vegetal, a proteína é responsável por várias funções no nosso organismo e além de colaborar para recuperação do tecido muscular ela tem papel fundamental no crescimento de unhas, cabelo, na imunidade e no transporte de oxigênio.

O consumo da quantidade correta de proteína ao dia pode ser um diferencial na perda de peso, já que este nutriente é essencial no emagrecimento saudável, evitando que você perca massa muscular e otimize a queima de gordura.

Para os vegetarianos existem opções de barra de proteína vegetal, porém, é importante entender as necessidades diárias e todas as vitaminas que as acompanham. As proteínas de origem vegetal possuem pouca quantidade de vitamina B12, um nutriente essencial para o bom funcionamento do nosso organismo e sua deficiência pode provocar anemia e danos no sistema nervoso.

Proteína sempre faz bem se o nível de gordura dela for baixo, como é o caso de proteínas vegetais, da clara de ovo e das carnes magras. Não caia na ideia de que um rodízio de churrasco pode ser seu almoço todos os dias, a gente garante que não funciona!

De olho no rótulo da barra de proteína

Existem muitas barras de proteína no mercado, porém, algumas colocam um valor alto de proteína, mas incluem grandes quantidades de açúcar, gordura saturada e pouca fibra, deixando o valor nutricional muito abaixo do desejado.

É preciso estudar o rótulo, composição, ingredientes, e conhecer a procedência e a marca da barrinha que você vai consumir, afinal de contas, ninguém gosta de ser enganado, não é mesmo?

Pergunte sempre para o seu nutricionista os ingredientes fundamentais na sua dieta e aqueles que você deve evitar, assim você tem tudo para conseguir ótimos resultados e não errar na hora da compra.

Fontes de proteína vegetal e animal

Outro ponto importante é saber diferenciar os tipos de proteína. As proteínas de origem animal são chamadas de proteínas de alto valor biológico, isto que dizer que possuem todos os aminoácidos essenciais em sua composição. Estes aminoácidos não podem ser produzidos pelo corpo e o consumo é necessário através da alimentação ou suplementação.

As proteínas de origem vegetal geralmente possuem menores quantidades de aminoácidos essenciais, porém, são livres de gorduras saturadas e colesterol. Amplamente consumidas por vegetarianos e veganos, o consumo destas proteínas cresceu muito nos últimos anos e hoje já existem diversas opções de suplementos à base de proteína da ervilha, da soja e do arroz.

Receita de barra de proteína caseira

Uma opção para quando estiver sem grana é fazer em casa sua própria barra de proteína, lembrando que tudo varia muito de acordo com o tipo de proteína escolhida. Se você é intolerante à lactose ou alérgico ao leite, você pode substituir os ingredientes por suplementos à base de proteína da carne ou proteínas vegetais.

Tudo isso implica muito na sua receita, mas segue uma bem clássica!

  • 180 gramas de aveia;
  • 80g de manteiga/pasta de amendoim;
  • 1 colher e ½ de sopa de canela;
  • Meia xícara de leite integral ou desnatado;
  • 4 medidores de whey protein (sabor fica a seu critério);

Modo de preparo:

  1. Misture todos os ingredientes em um vasilhame;
  2. Coloque a mistura em uma forma;
  3. Deixe na geladeira por 3 horas;
  4. Corte a massa em 6 partes iguais;

Estas deliciosas barrinhas vão ficar com cerca de 282 calorias, 27g de proteínas (dependendo do Whey Protein utilizado), 21g de carboidratos, e 10g de gordura.

Quando o assunto é alimentação, não tem jeito, precisamos escolher uma proteína de qualidade para não prejudicar nossos rins e nem colocar a nossa saúde em risco. Estude e veja a procedência de cada item que você for consumir, tudo isso pode causar um benefício enorme ou um prejuízo para a sua saúde, seja a barra de proteína ou qualquer outra suplementação, cuidado sempre!

Qual barra de proteína escolher na hora da compra

A primeira coisa que você deve levar em consideração é a composição e ingredientes: o que essa barra de proteína tem e como ela pode somar na minha reeducação alimentar?

Outra coisa importante é avaliar a quantidade de carboidratos, de gorduras e de açúcares simples que essa barra de proteína possui. Quanto mais natural, melhor. E claro, conhecer bem a procedência para não colocar a sua saúde em risco.

Às vezes buscando praticidade a gente pode boicotar a nossa dieta nesses pequenos deslizes e se basear no consumo apenas por preço ou sabor agradável. Analise bem e aprenda a ler a rotulagem de seus suplementos, assim você não vai errar na hora de comprar!

7 Produto(s)

por página

  • Protein Crisp Bar - IntegralMedica
    Crisp Bar 45g - IntegralMedica
    R$6,00
    1x de R$6,00

    ou R$5,40 à vista

  • Biscoito Proteina Mosmann
    Biscoito de Proteína 25g - Mosmann
    R$2,50
    1x de R$2,50

    ou R$2,25 à vista

  • Whey Bar Darkness IntegralMedica
    Whey Bar Darkness 90g IntegralMedica
    R$11,90
    1x de R$11,90

    ou R$10,71 à vista

  • Vo2 Protein Bar - IntegralMedica
    Vo2 Protein Bar - 30g - IntegralMedica
    R$3,50
    1x de R$3,50

    ou R$3,15 à vista

  • Max Bar Max Titanium
    Max Bar 33g - Max Titanium
    R$3,50
    1x de R$3,50

    ou R$3,15 à vista

  • Performance Bar Endurance Fuel
    Performance Bar Endurance Fuel 60g Performance Nutrition
    R$8,00
    1x de R$8,00

    ou R$7,20 à vista

  • +Mais PROteína - 30g - BodyAction
    +Mais PROteina - 30gr - BodyAction
    R$3,00
    1x de R$3,00

    ou R$2,70 à vista

7 Produto(s)

por página